Viagra sans ordonnance Apcalis Oral Jelly Kamagra effervescent meizitang france Viagra en ligne Acheter Priligy Viagra Professionel Cialis En Ligne Acheter Kamagra Oral Jelly Acheter viagra Kamagra France Levitra Acheter viagra pour femme Viagra pour femme Levitra en ligne Levitra sans ordonnance Acheter Levitra Acheter Levitra Generique Levitra En Ligne Lida Daidaihua kamagra france
Disfunzione Erettile Ultrasuoni Test Pacchetti Generica Compra Levitra In Italia Comprare Kamagra Gold Disfunzione Erettile Maschio Disfunzione Erettile Maschile Levitra On Line Australia Viagra Generico Lovegra Comprare Viagra Super Active Disfunzione Erettile Idrocele Kamagra Fizzy Tabs Levitra 20 Mg Foglio Illustrativo Cialis Generico Viagra Soft Levitra In Farmacia Serve La Ricetta Acquisto Viagra Gold Levitra Generico Acquisto Levitra Professional Vendita Vardenafil In Europa Levitra Roma Compra online il Viagra Comprare Brand Viagra Compra Levitra Farmacia Acquisto Brand Levitra

 

D3 for Linux - Agora na Versão 10.2

A Rocket Software informa sua nova geração do Banco de Dados Multidimensional D3® for Linux, versão 10.2. Essa versão contém inovadoras funcionalidades de desenvolvimento de aplicações para o banco de dados multivalorado.

 

Principais Recursos

• MVSP Web Services e MVS Toolkit

O MVS ToolKit 2.0 é uma ferramenta que permite a rápida publicação de uma sub-rotina ou um comando SQL/AQL do SGBD D3 como um Web Service, permitindo que qualquer ferramenta de mercado, desde que previamente autorizada, utilize a informação publicada de forma rápida e segura.

Esta é uma importante ferramenta para a rápida integração de sistemas, configurando-se uma oportunidade inigualável para o reaproveitamento de códigos - e sobretudo o conhecimento - consagrados dentro da instituição, flexibilizando o uso dos sistemas atualmente em uso e agilizando a adoção de novas tecnologias.

 

 

- Suporte aos padrões de mercado RESTful e JSON;

- Acesso a URLs podem ser controladas por regras de usuários;

- Permite conexão segura (SSL) diretamente para o servidor D3 (antes isso era necessariamente intermediado pelo sistema operacional);

- Método de autenticação por HTTP Basic (username e password) e por HTTP Digest (username e password criptografados).

 

• Encriptação do Banco de Dados

A partir da versão 9.2 do D3, todo os bancos de dados são criptografados utilizando-se o algoritmo AES-128. Em caso de roubo de informação (contido em uma fita de backup, por exemplo), a recuperação/acesso dos dados por terceiros será grandemente dificultada ou mesmo impossibilitada.

Esta encriptação utilizada por default no SGBD D3 não requer qualquer alteração nos programas ou em qualquer parte do ambiente, de modo que a forma de acesso e a utilização do banco de dados e das aplicações se mantém inalterada.

Outras formas de encriptação também estão disponíveis. Em particular, destacamos a criptografia de um arquivo ou mesmo de um atributo exclusivo de arquivos pertencentes à aplicação.

A encriptação pode ser aplicada em nível de arquivo ou de atributo através de uma pequena alteração na aplicação, que é a utilização da função %encrypt. Isto feito, ganha-se um nível de segurança superior, pois mesmo que um usuário tenha acesso indevido a um determinado arquivo, sua alteração é impedida caso este usuário desconheça a chave de criptografia aplicada ao arquivo e/ou atributo. Os níveis de acesso podem ser configurados no próprio gerenciador de usuários do banco de dados.

 

• Suporta conexões SSL (Secure Socket Layer)

Nas versões anteriores do D3 o túnel SSL era estabelecido a partir da estação do cliente até a camada do sistema operacional, passando a ser convencional (não criptografada) na comunicação entre o sistema operacional e o SGBD D3. A conexão SSL mantida agora dentro do SGBD D3 permite um túnel seguro das informações em trânsito inclusive entre o Sistema Operacional e o SGBD D3, alcançando um nível de segurança superior no tráfego de dados via SSL.

As aplicações utilizando as API´s poderão igualmente implementar o uso das conexões SSL ao SGBD D3, incluindo-se aí Web Services, .Net, Java e, em breve, C/C++ e PHP.

 

• SSH Server Support

As conexões ao D3 realizadas através do protocolo SSH são encriptadas até o banco de dados, inviabilizando ataques tipo “man-in-the-midle” dentro do servidor que hospeda o D3.

 

• True 64-bit Architecture

Além da maior performance, a versão 64-bit praticamente elimina os limites para o uso de memória e a quantidade de usuários.

As versões de 32 bits limitavam o uso de memória pelo banco em até 2,7GB. Com isso, a quantidade de usuários também se limitava entre 500 e 700 usuários (dependendo do tipo de aplicação).

Não será necessária qualquer alteração nos programas e dados do D3 na eventual adoção de plataforma 64 bits.

 

• Core Memory Limitation

Agora, expandido para 200 GB.

 

• Logical Volume Manager

Permite selecionar e usar um volume lógico existente durante o processo de configuração D3, aliviando a necessidade de se criar, manualmente, a declaração de disco no arquivo pick0.

 

• D3 As A Service

Configure o D3 como um serviço para iniciar ou desligar automaticamente, em conjunto com Linux.

 

• Suporte para até 63 Flushers

Permite um tratamento mais eficiente nas gravações em disco para sistemas com grande quantidade de memória alocada para D3.


• Outras Características/Diferenciais:

• .NET API: Fornece uma solução de baixo custo para o desenvolvimento de aplicações utilizando o Microsoft Visual Studio;

• Java API: desenvolve aplicações utilizando o ambiente Java;

• Hot-Backup: Agora disponível para Windows;

• Console administração gráfica:

- Suporta a integração de DLLs, permitindo a expansão de funcionalidades da console sem uma “reconstrução do projeto”;
- Composta por duas partes “servidor” e “cliente”, os códigos fonte são parte integrante do produto, o que permitirá que os desenvolvedores façam maiores customizações.

• Melhorias da Linguagem de Consulta de Acesso (AQL):;
- Melhorias na AQL compatíveis com U2. Novos modificadores para as instruções TCL (sort, list, etc.):
- fmt – Muda o formato de saída de determinada coluna via linha de comando (Justificação e Largura).
- eval – Executa a expressão numérica em linha de comando, incluindo Translates.
- conv – Aplica conversões (md2, mcu, etc.) em linha de comando.

 

Licenciamento:

- Adicionado suporte para até três conexões totais por cliente, com um limite de duas conexões do mesmo tipo. (Telnet, ODBC, RPC).

 

Contrato de Manutenção e Suporte Técnico (PickUp):

- Acesso sem custo aos principais upgrades, atualizações e correções (exceto para novos produtos).

- Re-Hosting, Hot BackUp, Re-Licenciamento com valores reduzidos.

- Suporte técnico via telefone, Web ou E-mail para esclarecimento de dúvidas de operação do ambiente em horário comercial.

 


Melhorias no Índice:

- Adicionado suporte para índices numéricos.
- Melhorias na AQL para gerar alta performance quando utiliza os operadores >, >=, < , <= e #; Aviso: A mensagem de retorno do comando “SELECT” pode mudar caso o arquivo tenha índice.
- Melhorias nas ferramentas de índice (create-index, delete-index, etc).

 

Melhorias D3 Windows:

- Suporte de login para autenticação no Windows;
- Windows only printers: Suporte ao uso de gráficos utilizados na API de impressão do Windows.

 

Disponibilidade do Produto:

D3® possui suporte nos Sistemas Operacionais AIX, Linux e Windows. 

Clique aqui para verificar a versão corrente de sistema operacional disponível para cada plataforma servidora de banco de dados D3.